BLOG

  • tetrismarketing

Proporção áurea na Arquitetura


Representada pela letra grega phi (φ), a proporção áurea foi conceituada pelo arquiteto e matemático Phidias, o qual a empregou pela primeira vez em seu projeto do Parthenon (5 a.C.). Assim, no século XIII, Leonardo Fibonacci desenvolveu uma sequência de números infinita, a qual está diretamente ligada a proporção. A sequência se dispõe em quadrados distribuídos geometricamente, forma que ficou conhecido como retângulo de ouro.

O retângulo ficou conhecido como uma das formas geométricas mais visualmente agradáveis que existem; por conta disso, ela teria sido largamente aplicada nas artes e na arquitetura, juntamente com o “espiral áureo” — que é obtido quando desenhamos uma espiral seguindo o fluxo dos quadrados formados no retângulo de ouro.



A proporção áurea na arte


A proporção áurea foi utilizada por vários artistas como Botticelli, Salvador Dalí e Leonardo da Vinci. O objetivo dos artistas era alcançar a beleza e harmonia em suas obras. Como no famoso quadro "O nascimento de Vênus" de Sandro Botticell de 1485, em que todos os personagens presentes no quadro seguem o espiral áureo.



A incrível presença da proporção áurea na arquitetura


A incrível presença da proporção áurea na arquitetura

É impossível explicar o que é a proporção áurea sem citar sua importância para a história da arquitetura.


Estudiosos afirmam que a proporção áurea utilizada em seus projetos é uma das explicações para a firmeza e equilíbrio das estruturas.



Na Tetris, sempre procuramos aplicar conteúdos aprendidos nas nossas aulas nos projetos e enriquecer ainda mais nosso aprendizado, pois entendemos que a teoria só se mantém viva se é aplicada e também compartilhada com outras pessoas!

Categorias

CONHEÇA NOSSO TRABALHO

Posts recentes