BLOG

Quais são os principais erros que podemos cometer numa reforma? E como evitá-los?

July 30, 2020

A reforma de uma casa, ou mesmo de um pequeno ambiente, é uma tarefa que apresenta vários detalhes, que vão desde a escolha dos materiais até a contratação de funcionários. O problema é que, em algumas vezes, o desejo de começar a obra o quanto antes pode provocar erros que durante o processo resultam em dores de cabeça e gastos não previstos. Para que você não corra esse risco, listamos aqui os principais erros que podemos cometer na hora de reformar e como evitá-los.

 

 

 

Dispensar a contratação de profissionais qualificados

Esta é a principal causa de erros e atrasos de projetos. Em muitas vezes não damos a devida atenção à escolha dos profissionais e contratamos o serviço mais barato, sem referência no mercado, ou até mesmo pessoas não qualificadas para realizar o trabalho. Para evitar surpresas, recomenda-se contratar profissionais capacitados e de experiência comprovada, pois é melhor pagar um preço um pouco mais alto, mas de um serviço que garante o resultado esperado e satisfatório na reforma.

 

Não fazer orçamentos antes de iniciar a obra

Normalmente, diversas lojas de revestimentos e fornecedores vão disponibilizar o material especificado para a reforma. Fazer compras com pressa ou sem analisar os preços do mercado pode estourar seu orçamento final. Por isso, compare os valores e prazos de entrega antes de começá-la. Também tenha um segundo fornecedor em mente, caso ocorra algum imprevisto com o primeiro.

 

Errar a quantidade de materiais

É de suma importância prever bem a quantidade de materiais que serão utilizados durante o processo, pois isso evita estourar o orçamento, atrasar a obra e, principalmente, inconvenientes estéticos, no caso de revestimentos com variações de cores ou texturas nos lotes, além do risco de o produto ter saído de linha na hora de uma nova compra. Com a orientação do profissional contratado, o cálculo se realiza com uma margem de 10% a mais do material para minimizar perdas e evitar inconvenientes.

 

Dimensionar incorretamente os espaços

Este detalhe está diretamente ligado à contratação de bons profissionais tanto para realizar a obra quanto para desenvolver o projeto. Um bom profissional calculará e dimensionará as áreas corretamente, o que evita problemas futuros, como rachaduras, fissuras, trincas, áreas perdidas e ergonomicamente incorretas, além de garantir que os espaços não sejam apertados ou grandes demais.

 

Utilizar materiais inadequados

Outro detalhe ligado à contratação de bons profissionais. A falta de conhecimento técnico pode levar à compra de materiais ruins para o ambiente, como pisos polidos que se tornam escorregadios quando em contato com a água em áreas externas e pinturas não laváveis em áreas de acúmulo de sujeira. Equívocos como estes comprometem a durabilidade da reforma feita e a segurança dos moradores.

 

Não revisar as instalações hidráulicas

e elétricas

Muitas vezes as esquecemos, por não estarem visíveis aos olhos. Entretanto, por mais que tenham sido bem elaboras na construção, de acordo com os padrões de segurança, elas devem ser revisadas no início da reforma, para evitar sobrecargas na fiação e falta de pressão para a água nas tubulações.

 

Não prever o caimento do chão em áreas

que necessitam de escoamento de água

Este descuido, apesar de soar inofensivo, pode gerar poças e inundar cômodos da casa. Verifique se o caimento do chão em banheiros, varandas, cozinhas e duchas de piscinas leva a água diretamente para o ralo. Também é importante conferir se as portas e janelas estão bem vedadas, para garantir que não ocorra a entrada de água em dias chuvosos. 

 

Não investir em um projeto luminotécnico

Um bom projeto luminotécnico é muito importante para valorizar o ambiente, permitir o uso prático do espaço durante a noite e criar climas diferentes e aconchegantes de acordo com cada cômodo. Além disso, ele também prevê o local e a quantidade de tomadas em cada ambiente da casa, o que evita problemas futuros como o de sobrecarga. Se isso for deixado para decidir no decorrer da construção, pode haver problemas de instalação e estéticos. Invista em um profissional que saiba utilizar a iluminação da melhor maneira para seus ambientes.

 

Acúmulo de sujeira e de entulho

A desordem gerada por não retirar entulhos pode atrapalhar o andamento da obra e até mesmo causar problemas com vizinhos. Certifique-se, em cada etapa da obra, de que os profissionais contratados cuidam de todos os detalhes da retirada do lixo, de acordo com as regulamentações da cidade e do condomínio, se for o caso.

 

Dispensar um diário de obras

Somente um cronograma não garante que as atividades serão realizadas conforme programado. Para que o acompanhamento seja mais eficiente, é importante criar um diário que registre tudo o que foi feito e quem o fez na reforma dia após dia, e será necessário que a equipe se habitue a manter esse histórico. O benefício dessa ferramenta é não apenas medir o avanço, mas também identificar quais problemas podem estar gerando falhas na execução.

 

 

 

 

 

Compartilhar em Facebook
Compartilhar em Twitter
Please reload

Please reload

Posts recentes

Categorias

CONHEÇA NOSSO TRABALHO

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • enviar_edited
  • botao-de-chamada-telefonica_edited
  • placeholder_edited

(41) 99711-0474

Deputado Heitor Alencar Furtado, 5000, Bloco A, Primeiro Andar, Ecoville  |  Curitiba  |  CEP: 81280-340

whatsapp.png