BLOG

  • Enrico Perini

Qual a diferença entre granito e mármore?


Já entrou numa loja de materiais de construção e ficou perdido com a infinidade de revestimentos disponíveis? Há mais caros, mais baratos, coloridos, monocromáticos, para banheiros, para quartos, para áreas externas, e assim vai!


Por isso, fizemos esse conteúdo para que você entenda mais sobre as duas pedras mais conhecidas e utilizadas dentro da arquitetura: o granito e o mármore!



Vamos começar com um pouquinho de geologia!


Afinal, ambas são formações geológicas que extraímos da natureza, serramos e polimos: o granito é uma rocha natural ígnea, o que significa que ele foi derretido uma vez e formado posteriormente enquanto a parte interna da Terra esfriava, com a agregação dos minerais quartzo, feldspato e mica, e é por isso que apresenta seu visual mesclado e granuloso tão característico.


O mármore é uma rocha metamórfica originada da exposição do calcário a temperaturas e pressão elevadas, com veios definidos e de coloração mais uniforme do que o granito. Ambos apresentam grande diversidade de tipos, origens e cores, e seus preços variam de acordo com a raridade de cada categoria.


Como o Brasil é um grande produtor de granito e há poucas jazidas de extração de mármore, os primeiros costumam ser mais baratos, principalmente quando de coloração acinzentada.



Mas, e aí, onde uso cada um deles?


Ambos podem ser usados em pisos, paredes, mesas, pias e bancadas, mas há uma série de diferenças que devem ser observadas!


O granito tem uma dureza alta na escala de Mohns (entre 6 e 7), baixa porosidade, boa resistência a riscos e a temperaturas elevadas, características que o tornam bastante versátil e mais aconselhado para ambientes úmidos e bancadas de uso cotidiano, como a de banheiros e a da cozinha (não há problema em colocar uma panela ou travessa quente sobre ele!), e áreas de tráfego intenso de pessoas, por exemplo.




Ele pode ser utilizado em áreas externas, tanto em bancadas, quanto paredes e piso, mas, nesse último caso, é importante que seja de uma especificação antiderrapante, pois, se liso, pode gerar sérios problemas de escorregamento em dias chuvosos!


Dica: granitos pretos e vermelhos costumam ser mais resistentes do que os acinzentados.

Devido ao seu preço mais elevado, é comum pensarmos que o mármore é uma pedra bastante resistente, no entanto, ele tem uma dureza baixa na escala de Mohs (entre 3 e 4), é menos resistente a riscos e mais poroso do que o granito. Dessa forma, é mais suscetível a absorver líquidos, gorduras, ácidos, materiais de limpeza pesados e vinagre, o que gera manchas, desgasta seu acabamento e reduz seu brilho.



Por esses fatores, ele deve ser evitado em espaços movimentados e ambientes externos, prefira lavabos, halls de entrada e salas de estar/jantar sociais. Ele é mais leve, assim, mais indicado para revestir paredes do que o granito.



Também vai muito bem em banheiros! Se você o utilizar na cozinha, recomenda-se a realização de uma selagem protetiva (que dura cerca de 10 a 15 anos) e a secagem imediata após a limpeza.


Qual devo escolher, então?


Apesar do granito ser mais funcional e mais resistente, você precisa ter muito cuidado em relação à estética!


Os modelos mais simples costumam ter tonalidades muito fortes e minerais de cores que não combinam entre si. Sempre analise o ambiente em questão, pois uma pedra que não harmoniza com ele pode fazer com que esse espaço se torne desagradável!


Por conta de seus grânulos, alguns modelos têm aparência de grosseiros, de modo a destoar de móveis mais modernos e elegantes. Tal problema é menos comum em ambientes tradicionalmente mais rústicos, como as áreas de churrasqueira, por exemplo.


O mármore, ao ter uma aparência mais suave e ser formado por minerais de textura mais fina, agrega sofisticação aos espaços muito facilmente! Tons claros de mármore são clássicos e sinônimos de luxo há milhares de anos.




Quer construir ou reformar um ambiente da sua casa? Faça um orçamento gratuito ou entre em contato conosco!

Categorias

CONHEÇA NOSSO TRABALHO

Posts recentes

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • enviar_edited
  • botao-de-chamada-telefonica_edited
  • placeholder_edited

(41) 99711-0474

Deputado Heitor Alencar Furtado, 5000, Bloco A, Primeiro Andar, Ecoville  |  Curitiba  |  CEP: 81280-340