(41) 3279-6840

Deputado Heitor Alencar Furtado, 5000, Ecoville  |  Curitiba  |  CEP: 81280-340

logopipe_editado.png

Tetris Empresa Júnior

de Construção Civil

Zonemento de Curitiba

April 12, 2018

O Arquiteto ou Engenheiro responsável pela elaboração do projeto arquitetônico deve conhecer e considerar a legislação do município de onde irá construir. A lei que determina o zoneamento, ocupação e uso do solo da capital paranaense é a n° 9.800/2000. As zonas e setores de uso são dividias em 10 zonas, Zona Central (ZC), Zonas Residenciais (ZR), Zonas de Serviços (ZS), Zonas de Transição (ZT), Zonas Industriais (ZI), Zonas de Uso Misto (ZUM), Zonas Especiais (ZE), Zona de Contenção (Z-CON), Áreas de Proteção Ambiental (APA) e Setores Especiais (SE).

Em cada zona ou setor, os critérios de assentamento e implantação da edificação no terreno são estabelecidos pelos seguintes parâmetros de ocupação: taxa de ocupação, coeficiente de aproveitamento, altura da edificação, recuo do alinhamento predial, afastamento das divisas, taxa de permeabilidade e dimensão do lote.

A Zona Residencial Um (ZR-1) é estritamente residencial, permite construções com um ou dois pavimentos de uso unifamiliar; A ZR-2 tem coeficiente de aproveitamento um do terreno, o que permite construções de até uma vez a área do lote e dois pavimentos residenciais. Os estabelecimentos comerciais são permitidos desde que sejam térreos e tenham até 100 m² de área; A ZR-3 possibilita construções de até três pavimentos residenciais. Também permite o uso comercial para construções térreas de até 100 m²; A ZR-4 permite a construção de empreendimentos com até seis pavimentos e com duas vezes a área do terreno. Nos dois primeiros pavimentos é possível a utilização comercial, desde que a área não ultrapasse os 200 m². Permite, ainda, a verticalização para oito ou dez pavimentos por meio da compra de potencial construtivo; As Zonas Especiais (ZE) são caracterizados como corredores comerciais, residenciais e de transporte, como ocorre na Avenida República Argentina. Com coeficiente de aproveitamento quatro, permite construções com até quatro vezes a área do terreno. Não há limite de altura, mas os empreendimentos precisam seguir outras regras, como respeitar o cone da Aeronáutica.

Confira no seu IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano – em qual zoneamento seu terreno se encontra e quais as edificações permitidas para não ter problemas na Prefeitura ao aprovar projetos.

Compartilhar em Facebook
Compartilhar em Twitter
Please reload