BLOG

  • Enrico Perini

Projeto de Digitalização: O que é? E para que serve?

Você sabe que é um projeto de digitalização? Ele não é tão conhecido como um projeto estrutural, um projeto arquitetônico ou um design de interiores, mas costuma ser necessário para muita gente! Por isso, fizemos essa matéria para que você entenda o que ele é e para que ele serve!



O que é?


No Brasil, para que uma construção possa ser feita, vendida, alugada ou repassada de maneira regular, é necessária a aprovação da prefeitura do município onde ela está, que se dá por meio da entrega de projetos, como o arquitetônico e o estrutural, dependendo da situação.


No entanto, grande parte das obras no país é feita de maneira irregular (inteira ou parcialmente, como nos famosos “puxadinhos”) e/ou sem a assinatura de um engenheiro ou arquiteto, o que pode gerar multas e complicações legais para os proprietários. Outra situação comum é a de construções antigas, que tiveram um projeto de execução, mas que foi danificado ao passar dos anos ou se perdeu através das trocas de proprietários.



Para que essas situações sejam solucionadas, existe o projeto de digitalização, que consiste no levantamento da planta de um imóvel construído que não a possui, ou seu redesenho, caso a planta original esteja danificada, errada ou incompleta.


Isso é feito através de softwares digitais modernos e utilizados por engenheiros e arquitetos do mundo inteiro, o que a torna de fácil acesso e conservação, se comparada à elaboração somente de uma planta em papel, e por esse motivo ele leva o nome “digitalização”.



Quais são as etapas?


Após o alinhamento com o cliente, para entender sua necessidade, e a verificação da guia amarela, o projeto costuma ser feito em três etapas:


1. Levantamento de dados, que consiste na visita dos projetistas à construção para medir e verificar todas as informações do imóvel, por exemplo: área do terreno, dimensões do cômodo, espessura e inclinação das paredes e dos forros de telhado, presença e localização de vigas, colunas, escadas, beirais, guarda-corpos, etc.;


2. Transferência dos dados para o software e criação da planta digitalizada;


3. Elaboração dos documentos no padrão exigido pela prefeitura em questão;


Esses documentos, por fim, são entregues ao cliente, para que ele possa regularizar a situação do seu imóvel!



Por que contratar esse serviço?


Contratar um bom profissional é de grande importância nesse projeto, pois ele terá domínio do software e fará seu projeto de forma rápida e sem erros, o que evita ter que passar de novo pelo processo de aprovação da prefeitura.



Quer regularizar a sua casa realizando um projeto de digitalização? Entre em contato conosco!


Categorias

CONHEÇA NOSSO TRABALHO

Posts recentes