BLOG

  • Isabella Piffer

Projeto de paisagismo: Como funciona? e quais seus benefícios?

Esta querendo investir em um projeto de paisagismo e não sabe nem por onde começar? então essa matéria é perfeita para você! Explicaremos como funciona cada passo e quais são suas vantagens!



O que é?


Logo quando pensamos em paisagismo a primeira coisa que pensamos são naqueles lindos jardins, mas será que é somente isso que se trata esse projeto?


A resposta é não! Para a realização de um projeto de paisagismo existe todo um estudo envolvendo o espaço para que ele possa ser transformado em um ambiente harmônico e sensível, utilizando uma combinação de elementos botânicos e artísticos para que tenha uma maior aproximação com a natureza.


Além disso, para o planejamento da paisagem também é necessária a observação de mudanças climáticas, do estudo geográfico, hidrográfico e como se comportam as relações sociais no local, para saber quais elementos vão se escolhidos para que o espaço desempenhe sua total funcionalidade e também fique esteticamente agradável!



Quais são suas etapas?


Para o desenvolvimento desse projeto é necessário:


  • Conhecer quais são os desejos do cliente para o projeto

Nessa etapa, vai ser feita uma análise junto com o cliente para entender quais são as suas necessidades, seus gostos e suas expectativas para o projeto.


  • Análise do Local

É uma etapa essencial para o desenvolvimento do projeto, pois é nela onde vai ser feito o levantamento dos dados do ambiente, como se ele possui uma grande incidência solar ou se devido aos muros e outras construções possui muita sombra no local.


Todos esses fatores acabam por influenciar na escolha do tipo de vegetação para a paisagem! Ademais, é nessa fase que é feito uma análise sobre quais plantas permaneceram para o desenvolvimento do projeto!


  • Anteprojeto

Nessa etapa é quando são escolhidos os tipos de vegetação e é feita uma organização no espaço para saber onde elas vão se posicionar. É necessário um estudo das suas propriedades, escolhendo aquelas que interagem harmoniosamente com ambiente.


Além disso, após o esboço inicial do projeto são feitas validações com o cliente, explicando como cada espaço foi planejado e também quais alterações serão necessárias.


  • Projeto Executivo

Essa etapa se baseia nas especificações de cada vegetação, nela vai estar presente todos os cuidados que são necessários para o desenvolvimento da planta, inclusive como ela deve ser cultivada!



Quais são seus benefícios?


Sabe aquela sensação de paz que sentimos quando vamos em algum parque? É exatamente isso o objetivo de um projeto paisagístico, ele busca deixar o ambiente mais leve, para que a pessoa possa se sentir totalmente à vontade!


Mas além do relaxamento, ele também tem muitos outros benefícios, como o restauro de áreas degradadas pelo crescimento exagerado das cidades, tendo como consequência a melhora de vida dos habitantes.


Outro fator é que esse serviços pode ser utilizado em diversos espaços, seja em um apartamento ou na construção de um parque!



Tipos de paisagismo


  • Paisagismo rural

Nesse tipo, existe uma grande busca pela conservação da região, por ser em áreas rurais é necessário uma análise tanto do espaço onde vai ser executado o jardim como também no seu entorno, buscando sempre a preservação local!


  • Paisagismo urbano

Utilizado nas cidades, ele tem como principal objetivo desenvolver uma interação dos habitantes com a natureza, criando um ambiente de entretenimento, diversão e lazer!


  • Paisagismo de áreas internas

Utilizado nas residências, ele tem como objetivo criar um sentimento de relaxamento e conforto!



Técnicas de paisagismo


Dentre as técnicas que existem, algumas são:


  • Jardim vertical

Muito utilizado nas residências, é uma técnica na qual as plantas escolhidas são dispostas em painéis ou vasos e colocados em paredes ou muros,.


Um exemplo dessa técnica são os muros verdes.



  • Jardim de inverno

Ele é muito indicado para residências que não possuem áreas externas na casa, aproveitando os espaços internos para a criação de um jardim, porém é necessário ter cuidado para que o ambiente disponibilize a luminosidade necessária para o desenvolvimento das plantas.


  • Variedade de texturas

Nessa hora é possível brincar com todos os elementos! Juntando várias texturas diferentes, que combinem com a residência, é possível criar uma harmonização entre o projeto arquitetônico e o paisagístico!


  • Uso de caminhos

Os caminhos são responsáveis por integrar o ambiente, direcionando as pessoas pelo jardim ou até a residência.



Escolha das plantas


É muito importante ter o conhecimento das características de cada planta, pois são elas que vão determinar qual será o seu comportamento no lugar em que for colocada!


Por exemplo, em uma residência em Curitiba a escolha de uma azaléia pode ser muito vantajosa, já que ela tem um grande desenvolvimento nos meses de outono e inverno, além de poderem ser cultivadas de diversas maneiras.


Já em ambientes mais quentes é aconselhável o cultivo de plantas que se adaptam facilmente a incidência solar, um exemplo delas é a pata-de-elefante, que pode ser cultivada em vasos, mas que necessita de um cuidado especial com a regagem e o solo.


Assim, não basta saber qual planta é mais adequada para a sua residência, também é preciso saber quais cuidados são necessários para o seu desenvolvimento!


Quer conhecer mais sobre algumas plantas? Então clique aqui!



Projetos complementares


A luminosidade artificial pode ser uma grande amiga para o crescimento da planta, contudo cause não esteja de acordo com as necessidades da vegetação ela pode acabar prejudicando o seu desenvolvimento.


Além do projeto elétrico e luminotécnico, existe também o projeto hidrossanitário, responsável pelo planejamento de toda a tubulação da casa e passagem da água, isso inclui também a irrigação do terreno.


A irrigação, quando está de acordo com as especificações das vegetações pode se tornar uma prática viável para o seu crescimento, porém se o seu intervalo de regagem não estiver associado, pode provocar a morte da planta, além do desperdício de água.


Portanto, é muito importante que os projetos complementares e o de paisagismo estejam alinhados, trabalhando juntos para a conclusão do projeto!



Por que investir em um projeto de paisagismo?


Você já deve ter percebido a importância desse projeto, ele não possui um único intuito de deixar o ambiente esteticamente agradável, ele também busca criar um espaço funcional onde as pessoas possam interagir e se sentir confortáveis!


Além disso, cada projeto é único! Buscando sempre atender as expectativas do cliente e a criação de um ambiente harmônico e agradável!




A Tetris possui parceria com a Empresa Júnior de Consultorias e Planejamentos Florestais - COPLAF, para o desenvolvimento desses projetos, buscando sempre oferecer um serviço mais completo e de qualidade!


Quer realizar um projeto de paisagismo na sua residência? Então entre em contato conosco!









Categorias

CONHEÇA NOSSO TRABALHO

Posts recentes

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • enviar_edited
  • botao-de-chamada-telefonica_edited
  • placeholder_edited

(41) 99711-0474

Deputado Heitor Alencar Furtado, 5000, Bloco A, Primeiro Andar, Ecoville  |  Curitiba  |  CEP: 81280-340